4 de outubro de 2015

Livrando-se das mentiras

Nunca gostei de mentir. É tão desprezível o uso da mentira quanto o uso de um sapato sobre outro. Não há como esconder o outro sapato que está por dentro, o mesmo acontece com os fatos: eles estão lá, não importa o que você faça, ou fale. Isso não quer dizer que eu não minta, seria uma outra mentira.

Descobri há pouco tempo que há como mentir sem perceber. Descobri que posso, e fiz, isso.

Na tentativa de expressar sentimentos por alguém sempre existirá o aumento das "sensações", a menos que você o ame de verdade, então tudo não será mais do que colocar em palavras todos os sentimentos existentes. 

Percebi também que as vezes não sabemos que na verdade não amamos alguém, mesmo achando o contrário. o que é uma lástima: desperdiçar palavras, tempo e tantas formas de carinho com alguém que na verdade não vai estar ali daqui a alguns dias, semanas, meses, as vezes, infelizmente, demora anos para perceber que aquela pessoa não é aquela pessoa que você procurava.

Então eu menti. Menti ao dizer um "eu te amo" para alguém que respondeu e depois me ferrou lá na frente. Menti ao ligar, aparentemente, desesperada para ouvir a voz de alguém, e verdade essa pessoa havia desligado o celular e fazendo juras de amor para outra que eu nem conhecia. Menti ao dizer que sentia falta e em troca não ouvir nada. Menti ao ver ao ver a pessoa e pensar ter ficado feliz, essa mesma pessoa mal olhou nos meu olhos nesse dia.

Mas a maior mentira de todas foi feita para mim. Menti ao aceitar qualquer coisa e me obrigar a aguentar tudo. Menti ao pegar essas coisas e chorar por isso, dizendo que o amor é assim mesmo, que só podia ser assim e não havia outra forma de ser feliz.

Logo eu que estou tão acostumada com os livros e ficções, como pude eu, saber dos desabafos amorosos de tantos personagens sofridos, dizer que o amor machuca e que podia, devia, aguentar tudo o que não me fazia bem e me convencer de que sim, que aquilo era bom? Nunca me perdoarei de tal coisa!

O engraçado é que só agora vim perceber isso. Agora que realmente amo e posso afirmar que abracei sem perceber, que o amo até quando sinto raiva. Só agora que realmente não enjoo de sua companhia, de suas palhaçadas, e só agora que sei que o amor até pode machucar mas de jeito nenhum esse machucado será maior do que o carinho e o cuidado juntos.

Faça um favor a si mesmo. Não minta para o seu coração, não o force a engolir o que lhe sufoca. Deixe ir o que não é bem vindo para só assim poder chegar o que você realmente não viverá sem.

Obrigada por ler até aqui, comente e não esqueça de seguir, irá me ajudar muito!

16 comentários:

  1. A mentira muitas vezes engana nós mesmos, mas o tenso é quando a mentira se torna realidade. Te entendo perfeitamente, você escreve muito bem. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim Vi :/
      Obrigada pelo carinho, volte mais vezes ♥

      Excluir
  2. CONCORDO com a vitória, quando a mentira vira realidade é bem cruel. Eu sempre fui de falar a vdd, sempre fui trouxona nesse sentido HUAHUHUAHUAHUAHUAHUA mas mentir pra mentiroso é doideira hein HUAHUHUAHUAHUA vc acaba se perdendo afu

    HAHAHAH cinco cachorras meu deus, se um gato da trabalho......

    http://sugar-dance.org

    BJosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É cruel mesmo..
      É sim haha muita doideira, e quando brigam!? Meu Deus! Todo mundo se joga para uma não matar a outra --'
      Mas são uns amores ♥

      Excluir
  3. Mentira nunca é legal. E é ainda mais triste quando a mentira é para nós mesmos. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim Camila, é melhor encarar a verdade nua e crua ♥

      Excluir
  4. A pior mentira é a que contamos a nós mesmos. Muitas pessoas mentem como um modo de fugir da realidade, tentar fazer o jogo virar, mas sempre acabam se arrependendo. Essa NUNCA é a alternativa certa, pode parecer a mais fácil a primeira vista, mas tudo se complicará depois.

    http://elfo-livre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim Karol. A pessoa acaba na merda e depois fica com arrependimento..

      Excluir
  5. Texto bacana. Realmente mentir para nós mesmos é terrível. Mil Beijos!
    http://www.trendtotal.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Cláudia, fico feliz que tenha gostado ♥

      Excluir
  6. Apesar de ser algo horrível é algo comum para nosso aprendizado,
    Mentir para nós mesmos é inevitável ás vezes.. O ruim é quando a pessoa insiste e não reconhece cini vc fez ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É triste mesmo mas já cai na real, graças ao bom Deus haha

      Excluir
  7. O coração muitas vezes nos trai e mente dizendo que aquilo é um fase ou que as coisas vão melhorar. Mas a verdade é que ele não quer que a gente perceba o quão estupidas são as coisas que fazemos por certos amores e que geralmente são passageiros. Amei o seu texto. Devemos nos amar primeiro, e depois se dê amamos alguém.

    Bjinhos
    ~Uma Geek Descolada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Jessica, o coração é um bandido mesmo, mas vamos nos amar primeiro e só depois, se der, é que podemos pensar em amar alguém..
      Obrigada pela visita e fico muito feliz por ter gostado ♥

      Excluir

Dê-me motivos para ficar feliz ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo