1 de fevereiro de 2016

Que seja amor e por amor

Estamos acostumados a ter sempre alguém como motivação, alguém que nos proteja, que esteja ali quando precisarmos, alguém que limpe nossas lágrimas e que nos dê aquele abraço. Estamos acostumados a pensar que precisamos, sempre, de alguém. Os filmes, as músicas, principalmente os nacionais (os mais famosos) costumam divulgar com muita veemência a ideia de que ninguém é feliz sozinho.

Mas porquê? Por que tenho que precisar de alguém ao meu lado para que eu consiga ser feliz de fato? 

Nos acostumaram e nos fizeram pensar de que sozinhos não conseguimos, sozinhos somos fracos e que sozinhos não passamos de meros seres em busca de alguém. Sempre tem alguém, esse alguém que existe até quando não queremos absolutamente ninguém. 

Sem alguém ainda temos sonhos. Sem alguém ainda temos coragem e corpo. Sem alguém ainda temos saúdes, Deus, podemos respirar. Sem alguém estamos vivos e se estamos vivos podemos fazer qualquer coisa, inclusive nada, basta querer.

Não que devamos nos isolar do mundo, afastar todas as pessoas e ser um alone na vida, não tem graça jogar sozinho sempre, quanto mais viver. Mas que as pessoas certas fiquem, que as que realmente nos amem sejam conservadas. Não precisamos correr atrás de quem não nos merece, não precisamos nos enganar com o que já passou e não merecemos ficar nos subjugando a alguém que um dia pensamos iríamos viver junto.

Que a frase de guerra seja amor próprio para que só depois possamos pensar em trazer alguém para perto de nós.

Espero que tenha gostado e deixe sua opinião: concorda? Não? Diz aí, quero saber!

18 comentários:

  1. Oi Bru, tudo bem?
    Assino em baixo de cada coisa que você disse. Eu nunca entendi essa necessidade de colocar essa regra de felicidade: só é feliz quem tem alguém.
    Isso é ridículo. Acho que alguém pode acrescentar mas nunca se tornar a única saída para nos dar felicidade. Quem pensa assim, me desculpa, mas está precisando reaver os conceitos.
    Seu texto, sem mais, resumiu tudo o que eu penso e o que precisa ser estampado por aí.
    Beijos!
    Sonhos na Bolsa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Thayná *-*
      É que é uma coisa meio que implantada pela nossa cultura, como eu disse no texto, o que é uma pena. Precisamos saber o valor de estar só, das vantagens e desvantagens, que também existem, e nos conhecermos cada vez mais até descobrir quem nos merece e quem vai (aguentar haha saber viver ao nosso lado...
      Obrigada pelo carinho, volte mais ♥

      Excluir
  2. Esse texto veio quando eu tava precisando ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Julia, fico muitíssimo feliz por isso ♥

      Excluir
  3. Acho q n preciso fala nd sobre, vc min conhece e saber muito bem minha opinião sobre...

    ResponderExcluir
  4. Achei o seu texto simplesmente sensacional, acho válido mencionar que concordo com ele em número, gênero e grau, amor próprio tem que ser nossa frase de guerra sempre, acho muito difícil amar alguém sem antes nos amar, enfim, amei o texto.

    ✩ Voando Sem Peter ✩

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muitoooo feliz por você ter gostado e mais feliz ainda pelo seu amor próprio haha
      Muito obrigada pelo carinho ♥

      Excluir
  5. Que incrível! Pior que é verdade, eu sempre tive medo de ficar sozinha. Meus relacionamentos anteriores acabavam e tinha medo de não encontrar mais ngm, mudei muito esse pensamento depois que consegui ficar sozinha REALMENTE! Comecei a enxergar as coisas, querer conhecer e me curtir mais..

    E agora encontrei uma pessoa que pensa como eu e acho que é por isso que estamos dando certo até agora rs

    Adorei o texto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já passei por isso Clayci, é impressionante como às vezes parece que a gente "precisa" de alguém, já passei muitooo por isso mesmo. Mas agora tô me curtindo e sem pensar realmente em encontrar alguém sabe... Se essa pessoa vier ótimo se não vir ótimo também...
      Fico feliz por você ter gostado ♥

      Excluir
  6. Adorei o seu texto! E afinal, como podemos encontrar alguém que goste da gente se nós mesmos não curtimos a nossa própria companhia? Amor próprio é tudo!
    xoxo

    Quinze Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, Jaque, não dá para encontrar alguém desse jeito né...
      Obrigada pelo carinho, fico feliz por você ter gostado ♥

      Excluir
  7. Concordo completamente!
    Conheço algumas pessoas que se vem desesperadas quando estão sozinhas a nivel de relacionamento '-', como se sem ter alguém o mundo fosse explodir ....
    Eu nunca fui atrás de ninguém e também nunca quis alguém só por título ou só por estar,cada um sabe o que faz da vida e como vive-la,mas se prender ao fato de que só com um companheiro(a) você vai ser feliz é um pensamento meio pequeno....
    Tenho meu namorado a dois anos e estou com ele por sentimentos e como me sinto,mas não por conforto 'u' ,pois isso não faz sentido e.e
    Mas cada um sabe o que faz com a vida e como vive-la hehe


    Meu Blog The World by Koizumi Visite *o*

    Post Novo! Como colocar página do Facebook no blog!(blogger) Confira! XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Koizume, só quem passa por isso não sabe o quanto infantil está sendo, e olhe que já fui uma pessoa dessas. Não a nível de correr atrás de alguém mas de acreditar mesmo nas pessoas sabe, é bem complicado e depois a gente sofre demaaaaaaaaais :s
      Parabéns pelos dois anos de namoro, espero que dure milênios viu ♥

      Excluir
  8. Precisamos de alguém. De alguém que nos ame, nos respeite e que tudo isso seja reciproco. Mas ninguém precisa correr atrás de ninguém que não está nem ai. Ótimo texto :D

    Beijos e até mais,
    Jayane Fereguetti
    www.ulalahmundo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, Jayane..
      Obrigada pelo carinho, fico feliz por você ter gostado ♥

      Excluir

Dê-me motivos para ficar feliz ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo